Águas de Lindóia, Domingo, 30 de Abril de 2017
Domi
30/04
24 °C
13 °C
Índice UV
8.0
Segu
01/05
25 °C
13 °C
Índice UV
8.0
Ter
02/05
20 °C
13 °C
Índice UV
8.0
Quar
03/05
26 °C
13 °C
Índice UV
8.0
Buscar

Gabinete do Prefeito - Terça-feira, 14 de Março de 2017

Situação da frota de veículos da prefeitura é preocupante

Situação da frota de veículos da prefeitura é preocupante

Falta de uma escala para manutenções preventivas e até problemas no pagamento de fornecedores são os principais desafios da nova gestão. Prefeito quer agilidade para regularização da frota e estuda criar um plano para substituir veículos com alto custo de manutenção

 

Com exceção dos veículos da Secretaria de Educação, a maioria dos carros, caminhões e ambulâncias do município está sucateada. Um levantamento feito pelo Secretário de Transportes, Roberto Smecellato, revelou que cerca de 70% dos veículos da prefeitura precisam de reparos urgentes para continuar servindo a população. No caso das ambulâncias, por exemplo, das seis ambulâncias, três estão parados aguardando peças e manutenção e as que estão em funcionamento precisam de manutenção urgente. Nem mesmo os veículos do gabinete do prefeito estão sendo utilizados por que precisam de manutenção. Ele utiliza o próprio veículo para trabalhar desde que tomou posse em janeiro.

 

Dentre as principais razões para tantos veículos quebrados estão a falta de um cronograma de manutenções corretivas desde o momento de aquisição dos veículos e os problemas financeiros da prefeitura, que precisa quitar pendências com fornecedores e resgatar o crédito. “A maioria da frota não passou por manutenções preventivas ao longo dos últimos anos. Apenas os veículos da Educação estão em dia e estão bem cuidados. Temos mudar esta situação”, afirma o Secretário de Transportes, Roberto Smecellato. O prefeito encarregou o secretário de resolver esta questão.

 

Os veículos necessitam desde itens básicos, como a troca de pneus ou cabos de vela, até itens como peças de motor. A variedade de marcas e modelos também dificulta na hora de fazer o pedido de peças ou mesmo de fazer os reparos. “Um veículo que quebrou recentemente é importado e a caixa de direção precisa ser desmontada e levada até a concessionária para ser analisada. Só então teremos um orçamento para fazer o reparo. Isso demanda muito tempo para uma coisa que é simples”, conta o secretário.

 

Este veículo é uma das ambulâncias paradas. Com mais de 200 mil quilômetros rodados, o registro de manutenções que integra o manual aponta que apenas duas trocas de óleo foram feitas – com 22 mil km e 40 mil km, respectivamente. Assim como a maioria dos veículos da saúde, não há registro de revisões periódicas obrigatórias para manter a garantia dos veículos. Outras ambulâncias já estão com quilometragem tão altas que geram um custo de manutenção elevado. “Temos ambulâncias com 400 mil e 700 mil quilômetros rodados”, afirmou Smecellato.

 

A situação é tão preocupante que o prefeito quer que a prefeitura crie um plano de médio e longo prazo para a substituição dos veículos. “Muitos destes carros têm um custo muito alto de manutenção e não têm condições adequadas de servir a população. Precisamos de um cronograma para a troca destes veículos por outros novos, que terão um custo menor e darão mais conforto para os pacientes, acompanhantes e para os motoristas”, afirmou o prefeito.

 

Outra ação que deverá ser implantada pela prefeitura é aprimorar o sistema de controle de frota. Para isso, o secretário quer que os motoristas auxiliem ainda mais na conservação do veículo e na programação das manutenções preventivas repassando informações e relatórios diários mais detalhados sobre a situação de cada veículo. “Os motoristas serão parceiros da prefeitura nesta fiscalização”, garante Smecellato.

 

A questão financeira também atrapalha. Com dívidas de curto prazo na ordem de R$ 5,4 milhões com fornecedores, os cronogramas de pagamento estão atrasados desde o final do ano passado. O prefeito sancionou nesta semana uma lei que vai facilitar a quitação destes débitos e começar a reorganizar o caixa da prefeitura.

 

“Temos ciência da situação em que se encontra a frota e estamos trabalhando para que este problema seja resolvido o quanto antes, da maneira correta, sem gambiarras”, garantiu o prefeito.

 


voltar para a listagem de notícias...

EDUCAÇÃO
Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia - Educação
TROCA DE LÂMPADA
Prefeitura Municipal de Ribeirão do Sul - Troca de Lâmpada
GUIA DA CIDADE
Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia - Guia da Cidade
TELEFONES PÚBLICOS
PREFEITURA MUNICIPAL
  • (19) 3924-9300
DIRETORIA DE TURISMO
  • (19) 3924-9300
BÁLNEARIO MUNICIPAL
  • (19) 3924-9222

ver todos os telefones...

Rua Profª Carolina Froes, nº 321, Centro.
Águas de Lindóia / SP - CEP 13940-000
GooglePlayAppStore
Águas de Lindóia

Rua Profª Carolina Froes, nº 321, Centro
Águas de Lindóia / SP - CEP 13940-000

Fone: (19) 3924-9300

King Page - Fábrica de Software
Atenção!

Plano de Pagamentos da Prefeitura - baixe os requerimentos:

Acesse aqui.