Projeto vai promover contação de histórias e bate-papo com autores literários em Águas de Lindoia

Cultura - Quarta-feira, 15 de Março de 2017


Projeto vai promover contação de histórias e bate-papo com autores literários em Águas de Lindoia

Águas de Lindoia está entre os 85 municípios selecionados para participar do projeto “Viagem Literária”, organizado pelo Governo do Estado. A lista foi divulgada ontem na sede da Secretaria Estadual de Cultura. O objetivo do projeto é aproximar autores, contadores de histórias, livros e bibliotecas do cidadão e incentivar a produção literária disseminando o gosto pela leitura, através de diálogos que dinamizam a programação cultural das bibliotecas municipais tornando-os centros de convivência multicultural para toda comunidade. O calendário dos eventos deve ser divulgado em breve.

 

Neste ano serão realizadas 4 intervenções de mediação de leitura em cada uma delas. Para cumprir a programação que acontecerá nos meses de maio, junho e agosto serão convidados 34 escritores e 17 grupos ou contadores de histórias. Estão previstas a realização de dois bate-papos com escritores (literatura adulta e infanto-juvenil) e duas contações de histórias em cada unidade. Todos os eventos são gratuitos e abertos à comunidade. Para o diretor de cultura da Prefeitura Municipal, Renan Sambo, que esteve nesta semana na Secretaria de Cultura do Estado, o projeto vai promover e estimular a leitura no município. “Com a volta do Viagem Literária vamos trazer de maneira dinâmica o incentivo a leitura e escrita, algo que deve ser trabalhado constantemente principalmente com crianças e jovens auxiliando assim em sua formação intelectual. Além de proporcionar ao público oportunidades de novas experiências culturais para troca de conhecimentos”, afirmou o diretor.

 

Além desses 340 eventos, a edição deste ano terá um módulo especial para incentivar a realização de oficinas de Escrita Criativa nas bibliotecas públicas municipais do Estado, uma inovação no formato do Viagem Literária.

 

Essas oficinas serão realizadas por bibliotecários, profissionais de bibliotecas e educadores locais que receberão material de apoio e orientação técnica em capacitações presenciais e virtuais ministradas pela escritora e doutora em Literatura Brasileira, Noemi Jaffe. A intenção é transferir uma metodologia a ser incorporada à programação regular das unidades incluídas nesta edição. Com esta novidade, estima-se que, pelo menos, outros 85 eventos acontecerão até o final do ano.

 

Para Pierre André Ruprecht, diretor executivo da SP Leituras – organização social de Cultura incumbida de executar o programa, “o Viagem Literária tem um caráter estruturante para as ações de mediação de leitura em bibliotecas. Uma de suas principais missões é contribuir para a dinamização da programação cultural local, gerando desdobramentos residuais a partir do que promovemos em cada temporada”.

 

O início oficial das atividades do Viagem Literária 2017 está programado para o dia 10 de abril com a realização do módulo inicial que reunirá representantes de todas as cidades selecionadas no auditório da Biblioteca de São Paulo.

 

Sobre a SP Leituras– SP Leituras é uma organização social de Cultura qualificada pelo Governo do Estado para fazer a gestão de programas como o Viagem Literária nas unidades vinculadas ao Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo, incluindo a Biblioteca de São Paulo e a Biblioteca Parque Villa-Lobos, sob a coordenação da UDBL – Unidade de Difusão Cultural, Bibliotecas e Leitura, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

 

Por Departamento de Imprensa, com informações da Secretaria de Estado de Cultura

Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia


Estado de São Paulo