Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

BOA TARDE ÁGUAS DE LINDÓIA, 24 de junho de 2019

Águas de Lindóia
Segu
24/06
26 °C
10 °C
Índice UV
5.0
Ter
25/06
28 °C
11 °C
Índice UV
5.0
Quar
26/06
28 °C
12 °C
Índice UV
5.0
Quin
27/06
28 °C
14 °C
Índice UV
5.0
Notícia

Turismo - Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017



Escritório Burle Marx apresenta relatório com sugestões para Praça Adhemar de Barros


Escritório Burle Marx apresenta relatório com sugestões para Praça Adhemar de Barros

Os arquitetos Júlio Ono e Gustavo Leiras, responsáveis pelo Escritório de Paisagismo Burle Marx, encaminharam nesta semana um relatório com o diagnóstico e diversas sugestões para nortear o processo de revitalização da Praça Adhemar de Barros, uma das principais obras do famoso paisagista brasileiro Roberto Burle Marx. O documento de mais de 70 páginas contém todas as observações feitas pelos profissionais e servirá como ponto de partida para a elaboração de um projeto de revitalização que será feito pela prefeitura.

“Acreditamos que, devido à sua importância para a cidade e seu contexto histórico, a Praça deverá passar por um processo de requalificação de paisagismo, que incluiria não só o plantio de novas espécies vegetais, mas que também defina de maneira técnica a remoção de diversos indivíduos vegetais que não fazem parte do conceito do projeto original de Paisagismo”, explicam os profissionais no relatório.

Ainda de acordo com os arquitetos, elementos incorporados ao longo do tempo também precisam ser readequados. “Outro ponto importante a ser abordado para a revitalização seria a requalificação de algumas áreas existentes com novas atividades, como por exemplo, espaços de contemplação, áreas de estar, lazer infantil, áreas de ginástica para jovens, adultos e pessoas da terceira idade, áreas livres de construção para abrigar os eventos de maior atração de público”, afirmam.

O relatório aponta a necessidade de readequação do paisagismo, com a incorporação de várias espécies e a remoção de outras. Um exemplo citado no relatório trata de algumas árvores da espécie Ficus, que estão comprometendo estruturas da praça. Também foram observados pelos profissionais pontos como a necessidade de readequação da parte elétrica passando para instalações subterrâneas, padronização do mobiliário urbano, melhoria da comunicação visual e a revisão de estruturas como pontes de acesso, playground e a área de eventos.

A principal intervenção sugerida pelos arquitetos foi a criação de um novo elemento arquitetônico na Praça, na Rua Vitória Régia no trecho que compreende a Rua São Paulo e Avenida das Nações Unidas. Neste ponto seria construído um Promenade (área de passeio) que privilegiaria o fluxo de pedestres e contemplaria equipamentos públicos já disponíveis como o Posto de Atendimento ao Turista, o Posto Telefônico, Banca de Jornais e quiosques. Além disso, o trecho poderia ganhar um conceito de Traffic Calming, ou “Tráfego Calmo”, em tradução literal: um estreitamento do leito para os veículos para reduzir a velocidade – conceito muito comum em cidades europeias.

Além disso, a intervenção melhoraria a integração da Praça Adhemar de Barros com outros pontos turísticos da cidade, como o Bosque Zequinha de Abreu e o Balneário Municipal.

O documento também faz duas observações importantes: A primeira foi sobre a presença de animais na praça. Segundo os arquitetos, capivaras, patos, pombos e outros animais prejudicam o uso da praça pela população devido aos dejetos e a proliferação de insetos e carrapatos. A sugestão apresentada é que a maioria seja retirada e que uma população controlada de cisnes permaneça no local.

Já a segunda observação trata do desassoreamento do lago, que dependeria não apenas de licenciamento ambiental, mas também de um local adequado para o descarte dos rejeitos.

Próximos passos

De posse do documento a prefeitura agora pretende criar um projeto que contemple a maioria das sugestões contidas no relatório técnico que foi apresentado pelo escritório. “A ideia é promover melhoramentos sem descaracterizar o projeto original, respeitando todo o conceito da praça. O que fica claro com este diagnóstico é que precisamos fazer este resgate privilegiando o visual da praça, o fluxo e o bem-estar das pessoas”, afirmou o prefeito.

A prefeitura analisará todas as sugestões apresentadas para produzir um projeto de revitalização e captar recursos para as obras nas esferas estadual e nacional. Enquanto isso, a prefeitura já lança outra frente de trabalho empenhada em conseguir a posse definitiva da Praça, já que uma parte da área pertence ao Governo do Estado, em um processo semelhante ao que foi feito em 2009 com o Balneário Municipal.


FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...

Telefones Públicos
TELEFONES PÚBLICOS
PREFEITURA MUNICIPAL
  • (19) 3924-9300
DIRETORIA DE TURISMO
  • (19) 3924-9300
BÁLNEARIO MUNICIPAL
  • (19) 3924-9222

Ver todos os telefones

Águas de Lindóia

Rua Profª Carolina Froes, nº 321, Centro
Águas de Lindóia / SP - CEP 13940-000

Fone: (19) 3924-9300

Website Desenvolvido porKing Page - Fábrica de Software
ESCOLHA DOS NOVOS CONSELHEIROS TUTELARES:

Confira os editais publicados aqui:

 

http://bit.ly/2DiqhnH