Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Águas de Lindóia, sexta-feira, 03 de fevereiro de 2023 Telefone (19) 3924-9300

Atendimento Atendimento: Horário de atendimento das 08:00h às 12:00h das 13:00h às 17:00.

Sext
03/02
Chuva
Máx 27 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0
Sáb
04/02
Chuva
Máx 26 °C
Min 20 °C
Índice UV
13.0
Domi
05/02
Chuvas Isoladas
Máx 27 °C
Min 20 °C
Índice UV
13.0
Segu
06/02
Parcialmente Nublado
Máx 29 °C
Min 21 °C
Índice UV
13.0

Administração - Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Prefeito debate projeto executivo para captação de água do Rio do Peixe com autoridades estaduais

Participaram da reunião o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e os deputados Arnaldo Jardim e Barros Munhoz


Prefeito debate projeto executivo para captação de água do Rio do Peixe com autoridades estaduais

O prefeito Gil Helou se reuniu na tarde desta segunda-feira, dia 14, no Palácio dos Bandeirantes com autoridades estaduais para avaliar o Projeto Executivo para a obra de captação de água do Rio do Peixe – obra planejada pela administração municipal para acabar com as constantes crises hídricas no município durante estiagens prolongadas. Ele estava acompanhado do vice-prefeito João Orrú e se reuniu com Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e os deputados Arnaldo Jardim (federal) e Barros Munhoz (estadual).

O projeto executivo apresentado impressionou as autoridades. O plano prevê o bombeamento de água do Rio do Peixe até um reservatório e, em seguida, por gravidade, o abastecimento da Estação de Tratamento de Água I, que fica na região central da cidade.

O valor total da obra ainda está sendo orçado pela equipe, mas o prefeito saiu muito entusiasmado com a reunião. “Recebemos uma sinalização muito positiva do Governo do Estado quanto ao apoio financeiro para a execução desta obra. Nosso objetivo é conseguir viabilizar esta ação o quanto antes possível”, afirmou Gil Helou.

Maior consumo de água e menor quantidade de chuvas

Desde a década de 1960 a população de Águas de Lindoia cresceu quase 300%, saindo de pouco mais de 6 mil habitantes para quase 19 mil em 2021, segundo o IBGE. E com o aumento da população, o consumo também disparou: na década de 1980 eram pouco mais de 4,3 mil habitações atendidas com distribuição de água no município para quase 10 mil nos dias atuais. E a projeção é que este número ultrapasse 13,5 mil nos próximos 20 anos.

Além disso, o consumo de água tratada no município é um dos maiores problemas enfrentados. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) o consumo médio ideal é de 110 litros por pessoa/dia. Em Águas de Lindoia este número é 200% maior: 225 litros por pessoa/dia – maior que a média nacional (116 litros por pessoa/dia) e do Estado de São Paulo (158,1 litros por pessoa/dia).

Somada a questão do aumento da população e do consumo maior, outro problema grave ameaça o município. Na última década a média anual de chuvas caiu 10% em Águas de Lindoia e em 8 dos últimos 11 anos a média anual ficou abaixo do normal, que é de cerca de 1700mm por ano, segundo medições realizadas pelo Saae Ambiental. O último grande volume anual registrado foi em 2009, com mais de 2.000mm de chuvas.

Desde 2015 o município de Águas de Lindoia não enfrentava racionamento de água. No ano passado, devido a estiagem mais severa e prolongada, o Saae Ambiental foi obrigado a iniciar o processo de racionamento, desligando as estações de tratamento, primeiro durante o período noturno e, com o agravamento da seca, estendendo o fechamento por mais tempo, a partir do período da tarde.

A captação de água do Rio do Peixe é considerada pelo Governo Municipal a principal ação para garantir o fornecimento de água durante todo o ano para a população lindoiense.

Ações já realizadas

Desde 2017 a administração municipal realizou diversas ações para aumentar a captação e a reserva de água tratada no município. O desassoreamento de dois importantes reservatórios – o do lago do Cavalinho Branco e do Forte Apache – permitiram maior reserva de água para a ETA I. Também foi construído um novo reservatório de água tratada com capacidade de 1 milhão de litros, além da reforma de outro reservatório de igual capacidade.

Neste período de emergência, vários poços foram instalados e um sistema de reaproveitamento da água excedente do Balneário Municipal foi colocado em atividade, ajudando a complementar a entrada de água no sistema de tratamento e reduzindo a necessidade de água do Lago do Cavalinho Branco, que hoje encontra-se abaixo dos 5% de capacidade. O reservatório do Kalil se mantém com 10% de capacidade.

A Prefeitura também avançou com a pauta ambiental com a criação do Fundo Municipal de Meio Ambiente; o endurecimento das regras de poda e supressão de árvores no município; e a recuperação e reflorestamento da área da antiga cascalheira do Morro Pelado.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

184 Visualizações

Voltar para a listagem de notícias

Águas de Lindóia Balneário Municipal

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Versão do sistema: 2.0.0 - 03/02/2023

Portal atualizado em: 03/02/2023 14:00:05

Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.