.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Horário de atendimento das 08:00h às 12:00h das 13:00h às 17:00.

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Meio Ambiente e Agricultura - Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Prefeitura retoma operação “Cata-treco” na próxima semana

Prefeitura retoma operação “Cata-treco” na próxima semana


Prefeitura retoma operação “Cata-treco” na próxima semana

A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura vai retomar na próxima semana a uma Operação “Cata-treco”, que recolhe materiais inservíveis em todo o município. O projeto já retirou mais de 50 toneladas de material e faz parte do plano de limpeza do município, que também contou com mutirões e ações do gênero em vários pontos da cidade.

 

O projeto dividiu a cidade em seis áreas, atendendo a uma delas a cada semana em dois dias específicos, seguindo um cronograma. Na próxima semana os bairros Moreiras, Brejal, Nova Lindóia, Vilas Altas, Recanto das Águas, Evian e Mirante das Estâncias devem ser beneficiados pelo serviço.

 

Um atraso no processo licitatório fez com que o projeto fosse suspenso por cerca de um mês, mas a contratação de caçambas com a destinação correta do material recolhido possibilitou a retomada da operação.

 

São dois tipos de coleta: o primeiro, realizado sempre às quartas-feiras, tem por objetivo retirar móveis e eletrodomésticos que não são mais utilizados e que os donos desejam se desfazer; já no segundo, sempre às quintas-feiras, as equipes farão a coleta de galhos e restos de poda de árvores. O cronograma de trabalho prevê que cada

setor tenha o retorno das equipes a cada 45 dias, em média.

 

“A contratação das caçambas é fundamental para concentrar o material e destiná-lo da forma mais adequada. Com a retomada do cata-treco, aliado a ações como a coleta de lixo eletrônico, vamos intensificar nossa política de limpeza e preservação ambiental”, afirmou o secretário.

 

José Mauro lembra que o descarte em áreas públicas ou em terrenos é considerado ilegal, de acordo com lei municipal, que prevê multa de até R$ 750,00. Ele disse, ainda, que a prefeitura não realiza a coleta de entulho ou restos de materiais de construção, para os quais é necessária a contratação de um serviço especializado por parte do responsável pela obra. O descarte irregular de entulho também gera multa aos proprietários de imóveis, segundo a legislação municipal.

 

 

 

612 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Águas de Lindóia - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.